Após intervenção dos Sindicatos IMESP paga Reajuste de Salários

A Imprensa Oficial do Estado de São Paulo (Imesp) anunciou que pagará nesta sexta-feira (20) os valores referentes ao reajuste salarial, que deveriam ter sido acertados há mais de três meses. No dia 11, os sindicatos dos Jornalistas, dos Gráficos e dos Administrativos realizaram manifestação unitária, em frente à empresa, para exigir o pagamento do reajuste.

A correção salarial dos funcionários da Imesp, inclusive dos jornalistas, é feita de acordo com o reajuste da categoria dos gráficos, que foi de 7,5% a partir de 1º de novembro de 2014. A empresa não havia corrigido os salários alegando que precisaria antes ter a aprovação de dois órgãos do Governo do Estado (Codec e Comissão de Política Salarial).


Vagas de Emprego

Área de Atuação da Empresa: Jornal

Vagas:

A) Supervisor Administrativo

Requisitos: Experiência em Jornal/Editora/Revista

Demais particularidades: À Combinar. 

B) Secretária

Requisitos:  Experiência em Jornal/Editora/Revista

Obs. Para a vaga de Secretária, pedimos que domine o Inglês.

Enviar currículos das vagas para : Valmir Cardozo Ferreira valmir.cardozo@afifecontabil.com.br
Valmir Cardozo Ferreira
Afife Assessoria e Consultoria Contábil Ltda.
Rua Marconi Nº 48 - Conjunto 63 - Centro - São Paulo
Tels. (11) 3331-9927 /3337-2496 - Cel. (11)  98529-1875
Skype: valmir.afife

Mudanças no seguro desemprego afetarão a Geração Y

As alterações para a concessão do seguro desemprego instituídas pela Medida Provisória nº665 de 30 de dezembro de 2014, irá afetar, sobretudo aos trabalhadores mais jovens que começam ingressar no mercado de trabalho formal.

Não houve corte do benefício social, o que aconteceu, foram mudanças de algumas regras, tornando mais rígido o acesso ao seguro desemprego, que permanece garantido aos trabalhadores que cumprirem com os requisitos legais, tornando o benefício social menos benevolente.

As mudanças na concessão do beneficio tendem a reduzir a rotatividade do trabalhador no emprego, tendo em vista à nova realidade de adaptação ao mercado de trabalho brasileiro.

De acordo com o Ipea ( Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), sete em cada dez trabalhadores com idade até 24 anos saem do emprego antes de completar um ano de prestação de serviços para o mesmo empregador, o que dificulta a especialização e um salário melhor. Um trabalhador que permanece no quadro de funcionários de uma empresa por um período superior a dois anos consegue assimilar a estrutura organizacional do empreendimento, atuando assim em consonância com os procedimentos aprendidos, podendo ainda ser reconhecido como a pessoa capacitada para coordenar determinado departamento, acarretando ganho curricular e consequentemente, financeiro.

A atual regra de concessão do seguro desemprego dispõe que o trabalhador demitido sem justa causa, após seis meses ou mais na mesma empresa, tem direito ao benefício. Com a nova regra (que entra em vigor em 01 de março de 2015) o acesso ao benefício ficará mais difícil. Na primeira solicitação, será preciso ter pelo menos 18 meses no emprego; na segunda, 12 meses e, na terceira, seis meses.

Com as novas regras, que entrarão em vigor dentro de 60 dias, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez, precisa ter trabalhado por 18 meses em dois anos. Na segunda solicitação do benefício, o prazo estabelecido de tempo de trabalho será de um ano, para 16 meses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por 180 dias ininterruptos nos 16 meses anteriores.

Ainda, para a concessão da segunda solicitação do beneficio dentro do período de dez anos, o sistema Mais Emprego, do Ministério do Trabalho e Emprego, irá avaliar o trabalhador como candidato prioritário aos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o que ocorria apenas no terceiro pedido no período de dez anos.

http://www.contabeis.com.br/noticias/21996/mudancas-no-seguro-desemprego-afetarao-a-geracao-y/


COMUNICADO RECESSO FIM DE ANO

Comunicamos a todos os Sócios, Empregados da Categoria e Empresas que estaremos em recesso para as festividades de final de ano do dia 19 de dezembro de 2014 ao dia 04 de janeiro de 2015.

Boas Festas a Todos

Att

A DIRETORIA


Reajuste Salarial 2014/2015 – Data Base Novembro (Interior)

Aos empregados da área administrativa das Empresas de Jornais e Revistas de São Paulo, segue o reajuste salarial de 1º de Novembro de 2014;

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 – Conv_i2014-2015


Reajuste Salarial:  O Índice de correção é de 6,5%, a partir de 1° de Novembro de 2013, sobre os salários reajustados em 1° de Novembro de 2012.

Piso Salarial:  A Partir de 1° de Novembro de 2014, os Pisos passam a ser:  Piso Normativo: R$ 787,97 ( Setecentos e Oitenta e Sete Reais e Noventa e Sete Centavos) Mensais.

PLR: 647,52 (seiscentos e quarenta e sete reais e cinquenta e dois centavos),
devendo a mesma ser quitada da seguinte maneira R$ 323,76 (trezentos e vinte e três reais e
setenta e seis centavos) no mês de Abril de 2015, e R$ 323,76 (trezentos e vinte e três reais e
setenta e seis centavos) no mês de Outubro de 2015.

Piso Intercaladores/Encarte: R$ 3,62 (Três Reais e Sessenta e Dois Centavos) por hora.

PLR: R$ 647,52 (Seiscentos e Quarenta e Sete Reais e Cinquenta e Dois Centavos.) * CLAUSULA 12ª CCT

Cesta Básica – Alimentação: R$ 111,15 (Cento e Onze Reais e Quinze Centavos.)*CLAUSULA 13ª CCT

Auxílio Creche:  R$ 322,00 (Trezentos e Vinte e Dois Reais.)

Seguro de Vida:  R$ 26.994,56 (Vinte e Seis Mil, Novecentos e Noventa e Quatro Reais e Cinquenta e Seis Centavos).

Para demais Clausulas Acessar Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015

Att

A Diretoria.


REAJUSTE SALARIAL 2014/2015 – CAPITAL

COMUNICADO

Aos empregados administrativos dos Jornais e Revistas – Capital – Data-Base Agosto/2014.

Finalmente conseguimos chegar a um acordo para o reajuste de 2014.

A inflação do período (agosto 2013 á julho 2014) foi de 6,33%.

Nosso reajuste:

  1. Para os profissionais  com o  salário até R$ 5.000,00 (cinco mil reais), reajuste de 6,70% (seis virgula setenta por cento) a partir de 01/08/2014;
  2.  Para os profissionais que ganham acima de  R$ 5.000,00 (cinco mil  reais), o reajuste se dará da seguinte forma:
  • a)    Para parcela do salário até R$ 5.000,00 (cinco mil e  reais), reajuste fixo de R$ 335,00( trezentos e trinta e cinco reais);
  •  b)    Para parcela do salário que ultrapassar á R$ 5.000,01(cinco mil reais e um centavos), reajuste de 5,50% (cinco virgula cinquenta por cento);

            Exemplos:

            Para um salário de R$ 7.000,00
            Ate o valor de R$ 5.000,00 soma-se o valor fixo de R$ 335,00
            Para os R$ 2.000,00 restantes do salário aplica-se 5,5 % que seria R$ 110,00 (2.000,00 x 5.5% = 110,00)
            somatória total para o reajuste deste salário, seria então;
            R$ 7.000,00 + 335,00 + 110,00 = R$ 7.445,00

            Para um salário de R$ 5.500,00
            Ate o valor de R$ 5.000,00 soma-se o valor fixo de R$ 335,00
            Para os R$ 500,00 restantes do salário, aplica-se 5,5 % que seria R$ 27,50
            A somatória total para o reajuste deste salário, seria então;
            R$ 5.500,00 + 335,00 + 27,50 = R$ 5.862,50

 

3.    Piso da categoria R$ 838,20 (oitocentos e trinta e oito reais e vinte centavos);

 

4.    Auxílio-Creche – R$ 401,92 (quatrocentos e um reais e noventa e dois centavos);

5.    PLR – R$ 679,45  (Seiscentos e Setenta e Nove Reais e Quarenta e Cinco Centavos)

Download Convenção Coletiva 2014/2015  CAPITAL – Convcap_2014-2015

 À DIRETORIA


CAMPANHA SALARIAL – CAPITAL 2014/2015

Aos Companheiros Administrativos;

Foram realizadas duas reuniões entre o Sindicato dos Empregados e o Sindicato Patronal, para decidir sobre o reajuste salarial da data-base de 01 de agosto de 2014, tendo sido oferecido 6.50% ate salários de R$ 4.260,00 e 5% acima de R$ 4.260,01.

NÃO ACEITAMOS !!!! 

Nossa contra proposta foi de  6.75% ate 4.260,00 e 6.50% acima de R$ 4.260,01.

O Índice de inflação do período de 01/08/2013 a 31/07/2014 foi de 6,33%.

Estamos aguardando um retorno do sindicato patronal para ver se aceitam a nossa proposta, caso negativo, poderemos chamar uma assembleia para uma possível paralisação.

A sua participação e muito importante.

A DIRETORIA.


Convocação (Campanha Salarial 2014/2015)

Foi Publicado no Jornal Diário de São Paulo, do dia 18/06/2014 – Edital de Convocação para a Campanha Salarial 2014/2015 de Editoras de Jornais e Revistas de São Paulo, A Assembléia ocorrera dia 30/06/2014 as 17:00 hs (Primeira Chamada).

A Diretoria


Novos Telefones

Os telefones 3221-4227 e 3221-6775 estão temporariamente indisponíveis.

Favor usar os seguintes telefones para contato:

3350-4220
3350-4221
3350-4222
3350-4223
3350-4224
3350-4225
3350-4226
3350-4227